Pesquisa Conhecer e Cuidar 2015

Compartilhe:

Foi publicado o relatório da Pesquisa Conhecer e Cuidar 2015 e ele pode ser obtido clicando aqui.

A Pesquisa Conhecer e Cuidar é o resultado de uma demanda social que visa conhecer, com maior profundidade a situação do uso/abuso de drogas e o funcionamento da rede de assistência a usuários de drogas e seus familiares, no município de Belo Horizonte.


Este conhecimento é de grande utilidade na medida em que poderá: 1. informar e empoderar tomadores de decisão, como políticos, servidores administrativos, líderes comunitários e associativos; 2. consubstanciar a busca por recursos financeiros para o fomento das políticas; 3. afinar e identificar necessidades específicas de certas populações vulneráveis a um problema ou seus fatores de risco; 4. aprimorar a gestão dos recursos já existentes e a serem criados; enfim, 5. auxiliar na melhoraria da qualidade da assistência, orientando o sistema assistencial na direção de uma atenção baseada
nos preceitos da saúde, da qualidade de vida, da reabilitação e da reinserção social.
Trata-se de uma pesquisa desenvolvida coletivamente e validada por um mecanismo de controle social. Desde a construção do projeto da pesquisa, equipe coordenadora da pesquisa, apresentou, analisou e validou em conjunto com Comissão de Pesquisa (CP) do Conselho Municipal de Política sobre Drogas (CMPD-BH) da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH). Esta comissão foi composta por representantes do governo municipal (Secretarias de Saúde, de Políticas Sociais, de Governo, de Segurança Urbana e Patrimonial), do Ministério Público Estadual; do Governo Estadual (Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais) e da sociedade civil (Universidade Federal de Minas Gerais, Pontifícia Universidade Católica, Federação Brasileira de Comunidades Terapêuticas – FEBRACT, Federação de Amor Exigente – FEAE).


Esta pesquisa ganha importância se considerarmos que, até então, que tenhamos conhecimento, nenhum estudo epidemiológico, baseado em uma amostra populacional, evidenciando indicadores sobre o problema do uso de drogas, seus fatores de risco e consequências havia sido realizada em todo o município de Belo Horizonte.
Os indicadores, aqui descritos, objetivam estabelecer uma linha de base que permita o planejamento e o acompanhamento dos resultados das políticas sobre drogas, que vierem a ser implementadas em Belo Horizonte. Foi por isso, que ao planejar a pesquisa, a equipe coordenadora do projeto optou por utilizar indicadores baseados em evidências, sensíveis a mudança ao longo do tempo, reprodutíveis e fáceis de serem coletados e em conformidade com as melhores práticas de pesquisa.


Nesta publicação serão apresentados os resultados obtidos pela primeira Pesquisa Conhecer e Cuidar. Serão descritos os indicadores do estudo epidemiológico realizado, os resultados do mapeamento da rede assistencial a usuários de drogas e seus familiares.


Acessar este Artigo